CriançaSemRisco

quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2006

Notícias sobre adopção e centros de acolhimento

Sairam no passado dia 7 duas relevantes notícias no jornal Público, uma sobre o lançamento do Observatório da Adopção que terá como missão fazer um diagnóstico e propor alterações a introduzir nos mecanismos de adopção de crianças em Portugal, e outra sobre o aumento do número de centros de acolhimento.

A criação do Observatório deverá ser hoje anunciada na Amadora pelo ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, José Vieira da Silva.

Por outro lado, o Governo quer criar mais 300 centros de acolhimento para crianças em risco até 2009, elevando de 1800 para 2100 o número de vagas em todo o país, anunciou hoje o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social que, em parceria com o Ministério da Justiça, está a preparar o lançamento do Observatório.

Num país onde muito se anuncia e onde tantos institutos existem, é melhor esperar para ver os resultados práticos destas medidas que aparentam ser positivas.

Espero que a reflexão e discussão sobre como prestar cuidados as crianças e jovens em centros de acolhimento seja uma das próximas medidas anunciadas neste jornal. Principalmente sobre como transformar centros de acolhimento em verdadeiros centros terapêuticos, com base nos princípios descritos no post anterior sobre comunidades terapêuticas. O papel terapêutico, mais do que entregue a alguns profissionais, deve ser desempenhado pela instituição per se.

TSM