CriançaSemRisco

terça-feira, 21 de fevereiro de 2006

STOP para PENSAR!

Trabalhar numa instituição de acolhimento de crianças em risco cria por vezes nos funcionários a ideia de que muito tem de ser feito com urgência. A eficácia implica à primeira vista a tomada de acções e de decisões de forma a conter de imediato qualquer situação problemática. Contudo, há uma competência que é imprescindível em qualquer pessoa que trabalhe neste contexto, a competência de NÃO FAZER.

Isto é, a capacidade de não tomar uma acção, de conter a ansiedade e a pressão que levam à tomada de decisão. Não tomando uma atitude, a pessoa fica ditada às suas dúvidas, à sua capacidade de suportar a incerteza e a dor de não saber dar resposta. Aí, nesse espaço, inaugura-se o espaço da reflexão e do pensamento criativo. Um psicanalista inglês, W.Bion, sublinhou esta competência como CAPACIDADE NEGATIVA.

A capacidade negativa é a porta para a reflexão e é a chave para quebra da ligação patológica de acção – reacção sem pensamento.

PVS