CriançaSemRisco

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Acolhimento Terapêutico

Estou a ultimar o workshop de amanhã sobre acolhimento terapêutico e confesso que estou bastante apreensivo sobre a reacção dos colegas da área do acolhimento ao termo “terapêutico”. Ultimamente verifiquei que alguns colegas têm uma espécie de alergia ao termo, talvez por remeter para a ideia de pathos e com essa ideia venham receios sobre patogenização da infância ou rotulação e descriminação das crianças acolhidas!!? Não sei.

Em termos pessoais a ideia de Terapêutico remete-me muito mais para um “ethos” cultural, uma cultura de crescimento, promoção de direitos e principalmente promotora do desenvolvimento da identidade, do que para a ideia de intervenção médica na doença.

Contudo não devemos perder de vista que as crianças vítimas de maus tratos e que viveram experiências traumáticas, têm necessidades específicas que por vezes as distinguem das restantes crianças.

Pedro Vaz Santos