CriançaSemRisco

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Os jovens não compreendem o que lhes dizemos...

Há dias encontrei mais um conto filosófico ao qual eu associo em analogia às necessárias técnicas e habilidades que os adultos podem utilizar, quando muitas vezes precisam de explicar algo aos jovens (crianças e adolescentes), e estes têm dificuldades em compreender a informação.

Muitas vezes estas dificuldades na compreensão na mensagem devem-se mais a dificuldades emocionais e afectivas, e não tanto a limitações cognitivas (sabemos cientificamente hoje em dia que está tudo inter-relacionado).

De uma maneira ou de outra, na minha perspectiva, estimular e activar as ligações na rede de ideias e conceitos próprios ao pensamento dos jovens fornece sempre melhores resultados na capacidade de compreensão dos mesmos, do que focalizarmos a intervenção (explicativa) numa só ideia.

Deixo-vos então o conto:

A forma da neve
Srulek, o Nasreddin ou o Gohâ polaco, chegou um dia junto de um cego e sentou-se a seu lado. O cego perguntou-lhe:
- Srulek, diz-me, a neve, como é?
- É branca - respondeu Srulek.
Passado um momento, voltou a perguntar:
- Branca, como?
- Branca - diz Srulek procurando as palavras - branca como leite.
Um pouco depois, perguntou:
- O leite, é como?
- O leite - diz Srulek - estás a ver, é como as aves que pousam no rio, tu sabes, os cisnes.
- Ah - diz o cego.
Um momento depois, perguntou a Srulek:
- Diz-me, como é um cisne?
- Bem, é uma ave grande, com asas grandes, um pescoço muito comprido e curvo, e um bico assim...- Srulek esticou o braço e curvou o punho para imitar o cisne. O cego estendeu a mão e apalpou o braço e a mão de Srulek, lentamente, atentamente, antes de dizer sorrindo:
- Ah, sim, agora vejo como é ela, a neve...


In "Tertúlia de Mentirosos" - Jean-Claude Carrière
NPF

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Conferência em reconhecimento de Bob Hinshelwood

Estive este fim de semana na Universidade de Essex a assistir à conferência em reconhecimento do trabalho de Bob Hinshelwood, Professor do Centro de Estudos Psicanalíticos da Universidade de Essex. Bob teve um precurso notável e marcante em várias àreas, cada uma das quais foi alvo de um painel.

Psiquiatra, psicanalista e autor de diversos livros traduzidos em mais de 10 línguas, durante muitos anos trabalhou no departamento de psicoterapia da North London Psycotherapy Clinic e foi director clínico do Cassel Hospital, uma famosa comunidade terapêutica de inspiração psicodinâmica para famílias, adolescentes e adultos.

Fundou e presidiu a Association of Therapeutic Communities e foi editor da revista International Journal of Therapeutic Communities. Fundou ainda o British Journal of Psycotherapy e a revista Psychoanalysis and History.

Para o tema das crianças em risco, apesar de não ter contribuído directamente, publicou um livro What happens in Groups que é notável para quem trabalha em instituições. Rapidamente se tornou um clássico e é regularmente citado por autores que se dedicam ao trabalho com crianças acolhidas em instituições.

É de referir que a conferência estava cheia de colegas, alunos e das pessoas que com ele colaboraram ao longo dos anos, vindas de vários países como Ucrânia ou Grécia, o que só atesta a sua capacidade de se relacionar e criar uma forte impressão em todos os que com ele contactaram no seu precurso.

TSM

Pensar Juntos - O Direito à Palavra e participação

A Crescer Ser está a organizar uma interessante iniciativa subordinada ao tema Pensar Juntos. O encontro vai realizar-se em Lisboa nos dias 26 e 27 de Novembro. Certamente será uma mais valia para todos os presentes.

O programa pode ser visto aqui.

TSM

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

III Congresso do Instituto Profissional do Terço

O Instituto Profissional do Terço está a organizar o seu terceiro congresso subordinado ao tema "O Dom do presente, as IPSS's do futuro" nos próximos dias 25 e 26 de Novembro no Porto. O programa encontra-se on-line aqui.

Saliento a presença de vários convidados internacionais. O Instituto Profissional do Terço está de parabéns por mais esta iniciativa que contribuirá certamente para o debate sobre acolhimento em Portugal.

TSM

Os grandes orfanatos

A tradição tem muita força. Verifico que ainda há quem insista em Portugal em construir instituições massificadas, com mais de cem vagas dos 0 aos 5 anos, e afirme que está a prestar um bom serviço na área da protecção.

A Psicologia do Desenvolvimento já demonstrou empiricamente que a massificação dos cuidados primários geram uma indiferenciação vinculativa que irá traduzir-se na interiorização por parte da criança de um modelo interno de vinculação insegura que irá com muita probabilidade manter-se ao longo da vida.

PVS

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Inscrição na Ordem dos Psicólogos

Caros colegas licenciados em Psicologia, foi publicado em Outubro a regulamentação para a inscrição na Ordem dos Psicólogos.

A ver se é desta que institucionalmente começamos a contribuir para que a classe psi se distancie finalmente dos Xamãs, Santos, Psico-Curiosos e Companhia!

Boa ou má, é a Ordem que temos, e a desordem que não queremos.

NPF

Concurso público para o ISS, I.P.

Mais um concurso público para a Segurança Social. Para quem tiver interesse, o meu conselho é: a esperança é sempre a última a morrer...

Boa sorte aos candidatos.

NPF