CriançaSemRisco

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Os grandes orfanatos

A tradição tem muita força. Verifico que ainda há quem insista em Portugal em construir instituições massificadas, com mais de cem vagas dos 0 aos 5 anos, e afirme que está a prestar um bom serviço na área da protecção.

A Psicologia do Desenvolvimento já demonstrou empiricamente que a massificação dos cuidados primários geram uma indiferenciação vinculativa que irá traduzir-se na interiorização por parte da criança de um modelo interno de vinculação insegura que irá com muita probabilidade manter-se ao longo da vida.

PVS