CriançaSemRisco

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Práticas Parentais e o Bullying

Enquanto cuscava as vidas sociais do meu ciclo de amigos, deparei-me com uma notícia - da sic notícias em que se destacam a letras garrafais qualquer coisa como “As práticas educativas parentais desde o nascimento dos filhos são responsáveis, em noventa por cento dos casos, por comportamentos inadequados como o bullying e a indisciplina escolar”.

Confesso que também não sou de me chocar ou surpreender com estas comunicações, aliás até me agrada bastante o facto de as pessoas andarem a escrever e a pensar, e a porem outras pessoas a pensar sobre estas coisas. No entanto, admito que me causa uma certa comichão ver efeitos de causalidade postos assim, de forma tão abrupta. Sei lá…

Certamente “tudo” começa no berço, como defende o autor desta investigação, e certamente a educação dos filhos tem uma enorme influência nos comportamentos das crianças e adolescentes. Inteiramente de acordo. Mas ao pensar que o Bullying trata um abuso sistemático de poder, que é deliberado, que tem como objectivo agredir alguém incapaz de se defender e que afecta cerca de 42% dos alunos de terceiro ciclo (na grande Lisboa), faz-me questionar sobre o que andam quase metade dos nossos pais a fazer, e se realmente podemos responsabilizar, de forma tão directa, as práticas parentais por todo este universo que é Bullying

Fica o desabafo...
CBR