CriançaSemRisco

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Pais, filhos e a obesidade infantil

Pais&filhos: "Obesidade infantil: educar as mães é essencial". Assim como os pais, avós ou outros educadores, acrescentaria eu. Ou estes não têm um papel fundamental na (des)educação dos hábitos alimentares saudáveis?

Pais&filhos: "Pais ausentes contribuem para o sedentarismo"

Duas notícias hoje publicadas na Pais&filhos lembraram-me que já há uns tempos que ando para escrever uma nota sobre a Plataforma Contra a Obesidade, um site da Direcção Geral de Saúde com informação útil sobre o tema.


Não me alongando na análise do conteúdo do mesmo - é muito mais interessante cada um ir espreitar por si e tecer as suas considerações - há uma questão que pode ser melhorada: o site ser "child friendly".

Que tal um grafismo mais apelativo aos mais pequenos? Ou pelo menos uma parte do site estar dedicada às crianças, com conteúdos adequados às mesmas.

Há uma área infantil na plataforma que ainda não tem conteúdo mas pensá-la só para pais, escolas e comunidades, como parece indicar o aviso que consta no site, seria esquecer que as crianças também podem ter um papel bastante activo na exploração de informação online (às vezes até de forma bem mais proficiente que alguns adultos...).


E que tal umas receitas pensadas para levar as crianças para a cozinha? Ora aqui está uma estimulante actividade pais-filhos!... Cozinhar pode ser extremamente educativo e pouco ou nada sedentário. Senão vejamos:
  • é uma oportunidade para ao vivo e a cores promover uma alimentação saudável; 
  • aprender hábitos de higiene e segurança na cozinha; 
  • descobrir a Física, a Química, a Biologia e a Matemática com as "mãos na massa"; 
  • exercitar o Português com a leitura dos rótulos e das receitas; 
  • contextualizar os alimentos e os hábitos alimentares em função da Geografia e História dos povos; 
  • e estimular a sensibilidade artística... sim, porque cozinhar é uma Arte!